A+ a-
Home > Notícias > Obras e Operações de Trânsito > Lamsa limpará rios no entorno da Linha Amarela

Lamsa limpará rios no entorno da Linha Amarela

Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2020

A Lamsa, empresa do grupo Invepar responsável pela operação da Linha Amarela, limpará nesta semana trechos dos rios Faria e dos Frangos, que correm no entorno da via expressa. A limpeza dos dois cursos d’água faz parte do programa permanente de manutenção PREVENTIVA e conservação da rodovia, e acompanha as ações promovidas em todo o planeta pelo Dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios, no próximo sábado (19).

 

Nas semanas anteriores, a Lamsa já havia limpado os leitos dos rios Faria-Timbó, Faleiros e Banca da Velha, além de outras manutenções no Faria e no Frangos. A medida visa a evitar alagamentos nos acessos e saídas da Linha Amarela, e nos arredores da via, abrangendo desde Jacarepaguá a Bonsucesso.

 

A importância do tema é tal que a ONU lançou a campanha mundial Mares Limpos, em 2017, para incentivar a redução de uso de embalagens plásticas e a mudança de hábitos de consumo e descarte desse material — que acaba lançado em rios, poluindo-os e colaborando para transbordamento de canais, e chegando ao mar, onde ameaça a fauna marinha.

 

O programa de ações semanais também prevê a limpeza do sistema de drenagem de Jacarepaguá ao Engenho de Dentro e entre Inhaúma e a Maré. A concessionária fará ainda recapeamento asfáltico em 800 metros de pista, em direção à Ilha do Fundão, na altura dos bairros de Água Santa, Inhaúma e Bonsucesso, bem como o monitoramento de pavimento em toda a rodovia.

 

Investimentos de R$ 18 milhões em melhorias

 

A Lamsa continua com as obras para manutenção da contenção de encostas, com reforço das cortinas atirantadas — estruturas de concreto construídas para evitar deslocamentos de massa e deslizamentos de terra — no maciço rochoso sobre o Túnel Enzo Totis, em Jacarepaguá. O custo total da intervenção chegará a R$ 3 milhões.

 

Já na Maré, as obras de recuperação da Ponte Oswaldo Cruz, que liga a Linha Amarela à Ilha do Fundão, seguem em frente para aumento da capacidade de carga da estrutura, de 24t para 45t, num investimento de R$ 15 milhões.

 

A concessionária também fará serviços de capina e poda nas margens da rodovia, e a varrição mecanizada noturna nas duas pistas. A Lamsa recomenda atenção a sinalização de obras e desvios de trânsito nos locais com interdição ao longo da via, das 22h às 5h.

 

 

Sobre a Linha Amarela

 

Construída em 1997, a Linha Amarela é uma das mais importantes vias expressas do Rio de Janeiro e marcou a história da cidade pela revitalização de grande parte das zonas Norte e Oeste. A rodovia é administrada pela Lamsa, responsável pelos seus 17,4km de extensão, onde circulam em média 300 mil veículos por dia. A Lamsa é uma empresa pertencente ao grupo Invepar, formado pelos fundos Previ, Petros, Funcef e Yosemite — compostos majoritariamente por pensionistas e aposentados brasileiros.

 

Últimas Notícias