A+ a-
Home > Notícias > Institucional > Linha Amarela teve menos acidentes em 2016

Linha Amarela teve menos acidentes em 2016

Segunda-Feira, 13 de Março de 2017

A LAMSA, concessionária que administra a Linha Amarela, repassou ao longo do ano passado R$ 14.348.803,99 em ISS (Imposto Sobre Serviço) para o município do Rio de Janeiro, de acordo com a sua arrecadação na praça de pedágio.

No ano em que a cidade sediou os Jogos Olímpicos Rio 2016, os desafios para a operação da Linha Amarela, principal rota de turistas, atletas e delegações, foram muito maiores. No total, foram registradas 26.260 ocorrências, sendo a maior parte (57,7%) de panes em veículos. Excluindo este período atípico dos Jogos (agosto), em 2016, o número de acidentes na via diminuiu 2,1% e o número de óbitos foi 22,2% menor. 

Uma média de 400 funcionários fizeram parte do quadro da empresa em 2016 e receberam cerca de 3.900 horas de treinamento em procedimentos operacionais, normas de segurança e atendimento. A concessionária oferece aos motoristas serviços de reboque e assistência médica 24 horas ao longo dos 17,5 km da via, todos os dias.

A concessionária, em parceria com o Instituto Invepar, investiu ao longo do ano em 17 projetos sociais voltados para moradores de comunidades do entorno da via, com temas relacionados à cultura, educação, meio ambiente e esporte. Quase R$ 2 milhões foram investidos em projetos incentivados e mais de meio milhão de reais com recursos próprios. Desde o início da concessão da Linha Amarela, a LAMSA estabeleceu vínculo e compromisso com a população dos 23 bairros e comunidades ao longo da via, promovendo projetos como Favela Mundo, Cinepop, Lê pra mim e Livros nas Praças, entre outros que levaram maior qualidade de vida para mais de 63 mil pessoas beneficiadas diretamente.

Últimas Notícias