A+ a-
Home > Notícias > Institucional > POSICIONAMENTO LAMSA - INFORME PASSARELA

POSICIONAMENTO LAMSA - INFORME PASSARELA

Terça-Feira, 8 de Outubro de 2019

A Lamsa, uma empresa do grupo Invepar, esclarece que desde o incidente ocorrido na terça-feira, dia 17 de setembro, quando um ônibus pegou fogo embaixo de uma passarela na Linha Amarela, tem atuado incessantemente para a segurança de motoristas e pedestres.

Para que não houvesse qualquer tipo de risco, determinou imediatamente, no momento do incidente, o bloqueio viário e a sinalização da área, bem como a interdição da passarela. Também realizou na sequência a retirada de placas em concreto da passarela que pesavam cerca de 3 toneladas e representavam risco aos usuários da via e da própria passarela após contido o incêndio.

Desde então, a passarela, que é uma estrutura cuja responsabilidade, conforme contrato, é da Prefeitura do Rio de Janeiro, permanece interditada pela Defesa Civil Municipal por motivo de segurança. Para garantir o melhor atendimento à comunidade e não comprometer o serviço que presta a seus usuários, a Lamsa realizará o trabalho de revitalização da passarela. A contratação da empresa que fará o serviço será realizada nesta semana, após a conclusão do projeto de recuperação da passarela.

O cronograma de realização das obras será informado à imprensa e disponibilizado aos usuários nos canais de comunicação da Lamsa, como site e Twitter. Para minimizar o impacto no trânsito, todos os trabalhos serão executados durante o período da noite. Até a conclusão das obras, o local permanecerá interditado e sinalizado.

Linha Amarela disponibiliza serviço gratuito de van para usuários de passarela interditada.

Para garantir a circulação dos moradores da região afetados pela interdição da passarela, a Lamsa passou a oferecer, gratuitamente, desde o dia 30 de setembro, o serviço de transporte de van para a travessia de um ponto a outro.

 

O serviço funciona diariamente, com duas vans das 6h às 22h30, ligando os dois pontos da passarela. A primeira van funcionará das 6h às 20h e a segunda das 8h às 22h30. Na ida, a van partirá da Rua Volta Grande, no Conjunto Habitacional Parque Centenário. Na volta, da Rua Lagoa Redonda. Os locais de embarque e desembarque serão nas extremidades da passarela. O veículo sairá sempre que atingir a lotação ou em intervalos máximos de 15 minutos.  

“A direção da Lamsa nos tranquilizou com a informação de que haveria um serviço de van gratuito para quem usa a passarela. Sem ela, não temos como chegar ao metrô, ao shopping center e nem à clínica da família. Hoje, o transporte começou a funcionar pontualmente e estamos acompanhando os trabalhos para início da obra da passarela, que é de competência da prefeitura, mas será feito pela Lamsa. Isso é respeito pelo cidadão, parceria e integração social”, elogiou o presidente da Associação Grupo de Paz de Del Castilho, Virgílio Marcos.

Últimas Notícias